Terça-feira, 28 de Setembro de 2010
Um sonho
Descias um monte,
entre cheiros e cores,
dançavas para mim,
cada vez mais perto.
Entre nós uma ponte,
de ramos e flores,
de papoilas e jasmim,
era o seu chão coberto.

Os meus braços estendi,
esperei pelo teu abraço,
matar saudade de sentir,
o doce sabor do teu beijo.
Fiquei abraçado a ti,
deitei-te no meu regaço,
pelo corpo sentimos subir,
o sangue quente do desejo.

Deitados abraçados no chão,
apaixonados fizemos amor
sobre um tapete de flores,
sob um céu azul de mar.
Foi o sonho de uma paixão,
que se vive com fervor,
mudem os cheiros ou as cores
importa é continuar a amar.


publicado por escrevernareia às 12:40
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Quarta-feira, 23 de Junho de 2010
Sonho na praia.
Entre raios de sol doirados,
Corria para mim brilhando,
Cabelo liso, solto, ao vento,
E eu continuava sonhando.
De braços abertos corria,
Sorrindo, leve, sem cansaço,
Brilhavam seus olhos lindos
E eu esperava o seu abraço.
Por fim rodopiámos felizes,
Nos braços um do outro,
Caímos na areia, já fresca,
E eu amei-a como louco.
Não queria mais acordar,
Para não me saber a pouco,
O seu corpo que quer amar,
Na praia e em qualquer lugar.
Eu amo-a como louco.


publicado por escrevernareia às 18:24
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Segunda-feira, 21 de Junho de 2010
O nosso sonho
É o sonho que nos guia,
Que nos transporta afinal
E nos leva dia após dia,
A cumprir um ideal.
Que ao tempo imaginámos,
Pintámos cheio de cor
E se é como pensámos,
É porque nao falta o amor,
O respeito, a compreensão.
Temos diálogo e carinho,
Entreajuda e paixão,
Para dar força no caminho.


publicado por escrevernareia às 21:31
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Quarta-feira, 23 de Dezembro de 2009
No teu sono

[Error: Irreparable invalid markup ('<spanstyle="font-family:verdana;">') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<p align="left"line-weigh="50px"><spanstyle="font-family:verdana;"><font-weigh="14px">Quisera eu cantar-te uma canção<br />Que te ajudasse a adormecer<br />Que te acalmasse o coração<br />E que ao ouvi-la sentisses prazer<br /><br />Mas já é tarde e estás cansada<br />Precisas ir dormir rápidamente<br />Em vez de canção queres almofada<br />E para teu prazer um banho quente<br /><br />Ficarei eu então a ver-te dormir<br />Na penumbra olhar teu rosto lindo<br />Teus olhos e teus lábios beijando<br /><br />Admirar-te enquanto sonhas sorrindo<br />Em tua face meus lábios passando<br />Ficarei enquanto o sono permitir


publicado por escrevernareia às 10:35
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Sexta-feira, 4 de Dezembro de 2009
Entre a Lua e o Mar

[Error: Irreparable invalid markup ('<spanstyle="font-family:verdana;">') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<p align="left"line-weigh="50px"><spanstyle="font-family:verdana;"><font-weigh="14px">Caminho entre a Lua e o Mar,<br />Poucas vezes piso a terra,<br />Só para o corpo alimentar.<br />Não pertenço a esta guerra.<br />Meus pensamentos me bastam,<br />Dão-me tudo o que preciso,<br />No meu espirito eles pastam...<br />Jamais encontrarão o sizo.<br />Sonhos de loucura e amor,<br />Preenchem a minha vida,<br />Nao quero riqueza exterior.<br />Quero a alma engrandecida.<br />Quero sentir que sou amado,<br />Estar acordado e sonhar.<br />Poder ir para qualquer lado,<br />Deixar a imaginaçao voar.<br />Quero estar solto e escrever,<br />Continuar sempre imaginar,<br />A cada dia aprender e crescer<br />Todos os dias eu quero amar.


publicado por escrevernareia às 14:26
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 1 de Outubro de 2009
Pela noite...

[Error: Irreparable invalid markup ('<spanstyle="font-family:verdana;">') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<p align="left"line-weigh="50px"><spanstyle="font-family:verdana;"><font-weigh="10px">É noite, o outro ali,<br />entre as folhas de um arbusto.<br />Os seus olhos ardem.<br />Do outro lado,<br />do vidro da janela do teu quarto ,<br />o teu corpo surge sublime.<br />Finalmente o momento tão esperado.<br />O coração dele fica pequeno,<br />E bate cada vez mais forte.<br />Enquanto isso,<br />O teu homem dorme. <br />Olha-lo… e procuras nele,<br />uma razão para ainda ali estares.<br />O outro admira-te,<br />deseja-te no escuro,<br />sem coragem de se fazer notar,<br />ali… tão perto e tão longe.<br />Recostas-te na cama,<br />procuras o interruptor do candeeiro,<br />olhas a janela,<br />sorris e apagas a luz.<br />Tu sabias, ...


publicado por escrevernareia às 16:17
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 11 de Setembro de 2009
Hoje sonhei contigo

[Error: Irreparable invalid markup ('<spanstyle="font-family:verdana;">') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<p align="left"line-weigh="50px"><spanstyle="font-family:verdana;"><font-weigh="14px">Hoje sonhei contigo<br />Sonhei com o nosso amor<br />A maneira como te digo<br />E te faço sentir esse amor<br />Em simples coisas que digo<br />Outras que faço por ti<br />As vezes que me esqueço de mim<br />Só para te ver sorrir<br />Ver teus olhos a brilhar<br />De felicidade sentir<br />É o que espero até ao fim<br />Sempre continuar a conseguir<br />Nesses lindos olhos o brilho colocar<br />Nunca ver lágrimas deles a cair<br />Acordar depois de te sonhar<br />Amar-te para poder dormir<br />Sentires este amor que te digo<br />Como eu sinto ao respirar<br />Porque hoje sonhei contigo


publicado por escrevernareia às 19:23
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2008
Sentidos Sedentos

[Error: Irreparable invalid markup ('<spanstyle="font-family:verdana;">') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<p align="left"line-weigh="50px"><spanstyle="font-family:verdana;"><font-weigh="10px">Arrastamos<br /><br />Por entre os lençóis<br />Da nossa cama desfeita<br />E húmida<br />Ainda quente<br />Do suor dos nossos corpos<br />Tresandando<br />A cheiros de prazer<br />Que juntos segregámos<br />Sedentos<br />Do gosto salgado<br />De nosso sexo molhado<br />Loucos<br />Pela procura de mais<br />Gemidos e sensações carnais<br />Arrastando<br />Aquele momento<br />Pelo máximo tempo<br />Inventando<br />Com outra nova maneira<br />O amor de uma vida inteira


publicado por escrevernareia às 11:26
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 28 de Outubro de 2008
Quando me lembro de ti
Quando me lembro de ti:

Sinto um friozinho na espinha
Dos instantes que passamos
Das coisas que falamos
De tanto te querer só minha

Sempre junto a mim
Os segredos que revelamos
Os desejos que partilhamos
Só nossos até ao fim

Gosto daquele arrepio
Do grito que abafamos
Quando nos abandonamos
Aos nossos corpos com cio

De a cada dia sentir
Que sempre que nos amamos
Os momentos prolongamos
Até mais não conseguir

De cada nova ilusao
Dos sonhos que sonhamos
E depois nos apoiamos
Após uma desilusão

Juntos conseguimos ter
Força para continuarmos
O ideal que sonhámos
O dia-a-dia vencer


publicado por escrevernareia às 23:00
link do post | comentar | favorito

As minhas SMS
Sempre que te vi, que te desejei,
mesmo que inconscientemente,
quando te sonhei e algo escrevi,
foi porque eras tu...quem estava na minha mente.

tags: , ,

publicado por escrevernareia às 22:56
link do post | comentar | favorito

Domingo, 19 de Outubro de 2008
Muitos dias
A cada dia que passa
Aumenta o que sinto por ti
Nada do que já passamos
Tem feito baixar a chama
Que ao longo do tempo arde
Que vamos sempre alimentando
Com o calor de quem ama
Por inteiro não pela metade
Que incendeia com cada beijo
Com um olhar mais cúmplice
A cada toque mais ousado
Que nos lembra momentos íntimos
De um já longo passado
Que em cada instante vive
Que juntos vamos inventando
Sempre com novas surpresas
Que nos fazem sentir diferente
Que sempre rejuvenescem
Não só o físico mas a mente
Que assim não se sente presa
Mas liberta de preconceitos
Procurando em cada momento
A satisfação do ser amado
E sempre acreditar
No luar e não no escuro
Que o amanha vai lá estar
Sempre novo a sonhar
Presente...passado e futuro.


publicado por escrevernareia às 23:02
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 16 de Outubro de 2008
Saudade de ti...
A dor que faz esta Saudade,
Que persiste e tão forte,
Que volta sempre que penso,
Que por fim, teve a sua morte.
Saudade das vezes que te não vi,
Saudade dos versos, que te não escrevi
Saudade de ti, que não conheci.
Saudade do que não fizemos juntos,
Saudade dos sonhos, que não me pertencem,
Das vezes que te imagino e te sinto .
Saudade dos olhos teus e dos olhares,
Do silêncio, das palavras, que nunca te disse.
Dos continentes de desejo e mares
Que jorram desse teu corpo, na minha loucura.
Saudade de ti, que me não conheces,
e nunca amaste.
Saudade da dor no peito,
… que perdura.



publicado por escrevernareia às 21:56
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Um sonho

Sonho na praia.

O nosso sonho

No teu sono

Entre a Lua e o Mar

Pela noite...

Hoje sonhei contigo

Sentidos Sedentos

Quando me lembro de ti

As minhas SMS

arquivos

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

ILCAO
Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds
Creative Commons
Licença Creative Commons
Escrever n'Areia de To Quim Rodrigues é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Unported.