Terça-feira, 2 de Março de 2010
A esperança
A esperança alimenta a vida
fazendo-a menos sofrida.
Sem esperança... não amamos,
nao amando... não desejamos,
nao desejando... não vivemos
e nao vivendo... morremos.
Ou quem sabe vegetamos
talvez fingindo viver.


Fingir amar... dar e receber.
a outro homem dar a mão,
na diferença ver um irmão,
a dor do mais fraco sentir
e por ele lutar sem desistir.

Meu amigo... se assim não for,
se tu não vives por amor...
não mereces ocupar espaço.

Aprende a dar um abraço,
Vive no amor e na perseverança
E ao teu lado haverá esperança


publicado por escrevernareia às 08:49
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De Laurinha a 2 de Março de 2010 às 19:16
Quim,

Sempre há esperança,
quando a alma não é pequena...

Forte poema, sensibilidade pura!

Bjs


De To Quim a 3 de Março de 2010 às 08:39
Bom dia Laurinha.
Mais uma vez muito obrigado pelo teu comentario, não mereço tantos elogios :).
Bj


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Meu sonho...

Olho-a...

Espalhar versos

Desejo

Teu amor

Palavras simples

Amor natural

O tempo fica escasso

In-quotidiano

Resgate

arquivos

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds