Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2011
Espalhar versos
Parei por tempos de rimar
Mas nunca deixei de sentir.
E se volto… por fim,
novos versos a espalhar,
com palavras que saem de mim
e que não posso reprimir;
É porque no meu coração
Tens um espaço, que é só teu,
Paixão ou forma eterna de amar?
O sentimento que um dia nasceu,
Todos os dias continua a crescer,
Não importa como se pode chamar,
Mas ter-te, para o continuar a viver.


publicado por escrevernareia às 14:28
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De Laid a 29 de Dezembro de 2011 às 21:49
O que sinto!já não consigo dizer!
Meu amor!minha vida luz e paixão!
Preciso de ti,para conseguir viver.
Apoderaste-te do meu coração!

Amo-te muito.
Os teus poemas fazem-me a mulher mais feliz.
Beijo grande, forte, quente e doce <3.


De To Quim a 29 de Dezembro de 2011 às 22:01
Lindoooooooo amorrrrrr.
Amo-te muito.
Beijinho doce.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Meu sonho...

Olho-a...

Espalhar versos

Desejo

Teu amor

Palavras simples

Amor natural

O tempo fica escasso

In-quotidiano

Resgate

arquivos

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds