Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2011
Espalhar versos
Parei por tempos de rimar
Mas nunca deixei de sentir.
E se volto… por fim,
novos versos a espalhar,
com palavras que saem de mim
e que não posso reprimir;
É porque no meu coração
Tens um espaço, que é só teu,
Paixão ou forma eterna de amar?
O sentimento que um dia nasceu,
Todos os dias continua a crescer,
Não importa como se pode chamar,
Mas ter-te, para o continuar a viver.


publicado por escrevernareia às 14:28
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Sexta-feira, 30 de Setembro de 2011
Desejo
No pensamento
o teu, no meu corpo
gestos languidos
sons gemidos

Na boca
o teu, no meu sabor
saliva trocada
da boca colada

Na imaginação
o teu, no meu desejo
não vai parar
até transbordar

No final
O teu, no meu prazer
o corpo saciado
de sexo molhado


publicado por escrevernareia às 13:27
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Quarta-feira, 22 de Setembro de 2010
Momento sublime
Não há palavra ou rima ardente,
Que exprima o sublime momento,
Em que o corpo vence a mente.
E junta desejo ao sentimento,
Em dois seres apaixonados.
Sabores, cheiros suados,
pelos seus corpos exalados,
Entre eles são trocados.

E num instante unico de prazer,
Entregues um ao outro sem pudor,
Um divino orgasmo faz viver,
A paixão de uma vida de amor.


publicado por escrevernareia às 13:30
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|

Segunda-feira, 6 de Setembro de 2010
Jogo dos sentidos
Soltas os gestos, os sentimentos,
Desces sobre mim em enxorrada.
Mudas as maneiras... o teu jeito,
Inundas-me o corpo e os sentidos
provocas, provocas-me o fogo.
Não são rasgos ou momentos,
desejos de vontade refreada.
São corpos a arder neste leito,
de luxúria e prazer possuídos,
pelos cheiros e sabores deste jogo.


publicado por escrevernareia às 12:32
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|

Terça-feira, 24 de Agosto de 2010
Se não estás comigo...
Se não estás comigo...
Por ti, o meu coração,
Bate descompassadamente.
São suores, são desejos,
São saudades dos teus beijos.
É sentir enorme solidão...
Estando rodeado de gente.
É tremer com um arrepio...
Logo num dia tão quente.
É sentir falta: do teu cheiro,
Ter-te a mim aconchegada,
Desse teu olhar brejeiro
E da tua pele perfumada.
É ter tudo e muito mais,
É sentir que nao tenho nada.


publicado por escrevernareia às 13:27
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Sexta-feira, 30 de Julho de 2010
Não importa quando...
Levemente,
ao meu lado deitaste.
Depois sobre mim...
docemente,
meu corpo acariciaste.
Eu imaginei o fim...
e tremi de desejo.
Suavemente,
ávida de amor,
meus lábios tocaste,
mas não foi um beijo...
Deixei-me envolver.
...sentir o teu prazer.
Loucamente,
Ao amor abandonados,
nossos corpos suados,
fluidos a verter.
Á noite, ao amanhecer,
não importa mais nada...
nem a hora
e nem o tempo,
se demora,
se é um momento...
Apenas te querer...
...sempre apaixonada.


publicado por escrevernareia às 11:42
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|

Quinta-feira, 8 de Julho de 2010
Versos sem dor
Como podem em meus versos ver dor,
Aqueles que minhas palavras leiem?
Faz tempo, que nao sou um sofredor,
Mas o homem feliz, que todos veêm.

E se hoje em mim mora a felicidade,
É porque tu me fazes viver assim.
Sinto que já nem importa a idade,
Apenas que estejas perto de mim.

Se alguém nos meus versos encontrar,
Um desabafo de dor, ou desencanto,
Não é porque a mim, me falta amor,

Quando muito, serão rimas de fingidor,
Relato de alguma história de pranto,
Vivida por alguém que nao sabe amar.


publicado por escrevernareia às 13:12
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|

Segunda-feira, 14 de Junho de 2010
É tão bom...
É bom ficarmos colados,
Pele na pele e um beijo.
Como etermos namorados,
Que vivem apaixonados,
E se amam com desejo.

É bom ficarmos calados,
Ouvir a nossa respiraçao.
Sangue quente a correr,
Sentir o desejo crescer,
E fazer amor com paixão.

É bom adormecer abraçados,
No meu peito ver-te dormir.
Em meus braços te aconchegar,
Ver teu rosto a serenar,
E quando sonhas ver-te sorrir.


publicado por escrevernareia às 08:20
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|

Quarta-feira, 9 de Junho de 2010
As minhas SMS
Enquanto estas rimas componho,
Eu voo para o mundo do sonho.
Sinto-me perder a clarividência,
É dificil suportar tua ausência.
Dificil nao querer o teu beijo
E mais ainda suportar o desejo.
Nem que seja só por um instante,
Vem deixar-me exausto, ofegante.
Quase sem folego, sem respiraçao,
Vem e mata-me a fome de paixão.


publicado por escrevernareia às 12:11
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|

Terça-feira, 8 de Junho de 2010
Sempre...
Nem num dia escuro como o de hoje,
Pesado, melancólico, céu cinzento.
Nem assim a felicidade me foge,
Porque estás no meu pensamento.

Porque habitas dentro de mim,
Porque fazes parte do meu ser,
Foste o principio, serás o fim,
Sem ti, nao saberei nunca viver.

Tu és o meu único complemento,
Meu sonho, minha doce realidade,
Meu combustivel e meu sustento.

Minha amada, meu fogo, paixão,
Tu és a loucura e a serenidade,
És vida, que faz bater meu coração.


publicado por escrevernareia às 08:22
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|

Segunda-feira, 31 de Maio de 2010
As minhas SMS
Do teu amor sou peregrino,
Ele aprisionou meu coração.
Cada verso meu será um hino,
Minha mulher, minha paixão.


publicado por escrevernareia às 12:33
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Quarta-feira, 19 de Maio de 2010
As minhas SMS
Bom mesmo era estar agora,
Contigo na praia a namorar.
Mas esse tempo ainda demora,
E nós não gostamos de esperar.

Mas a vontade vai persistir,
O nosso desejo vai continuar.
O dia virá em que podemos ir,
E á beira-mar nos iremos amar.


publicado por escrevernareia às 13:20
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Segunda-feira, 17 de Maio de 2010
As minhas SMS
Quero ter-te e sentir a cada instante,
no meu peito, o bater do teu coraçao,
Linda esposa amada, mãe, amante,
Mulher admirável e minha paixão.


publicado por escrevernareia às 08:23
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Quinta-feira, 22 de Abril de 2010
As minhas SMS
Fazer amor contigo é celestial,
É fazer a vontade aos corações.
Partir para o espaço sideral,
Ao som do ribombar de trovões.


publicado por escrevernareia às 11:17
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|

Terça-feira, 30 de Março de 2010
As minhas SMS
Ter-te no meu peito deitada,
Bem quietinhos sem bulir,
è a maneira mais desejada,
Para estarmos antes de dormir.


publicado por escrevernareia às 13:15
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|

As SMS da Laid
Deitada no teu peito,
Sinto o teu respirar.
Adoro esse teu jeito,
Fico louca por te amar.


publicado por escrevernareia às 09:50
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Segunda-feira, 22 de Março de 2010
Osmose
Ouvia-te calma a respirar.
Deitado na cama sem dormir
Imóvel para não te acordar
O calor do teu corpo a sentir

Mas o sono não chegava
O desejo cada vez maior
O teu corpo quente… ajudava
Sentia-me cada vez pior.

Olhava e tentava no escuro
Tirar tais ideias da mente
Mas estava a ser muito duro
Queria amar-te intensamente

Então ao mudar de posição
Apesar de todo o meu cuidado
Senti-te alterar a respiração
E virares-te para o meu lado

As nossas pernas se tocaram.
Perguntaste se eu dormia
Nossos corpos se encostaram
Sentimos que o desejo fluía

Beijámo-nos suavemente
Depois com sofreguidão
Envolvemo-nos avidamente
Loucos famintos de paixão

Já nada havia a fazer
Só o desejo mandava
Já só importa o prazer
Que cada de nós alcançava

Fazer amor sem limite
Amor e sexo à mistura
Saciar este apetite
De prazer e de loucura

Os nossos corpos unidos
Sem procurar posição
Escorregadios e húmidos
Cheiros a transpiração

Sem perceber fomos traídos
Por esta crescente osmose
Que nos deixa por fim caídos
Quase mortos por overdose

Nem o tempo que passou
Sentimos na realidade
Mas o sabor que ficou
Sacia a nossa ansiedade

É este para nós o renascer,
Sempre de um mdo especial.
Amar assim até morrer
Cada orgasmo "un grand-final".


publicado por escrevernareia às 18:15
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Sábado, 13 de Março de 2010
Meu Sol
Se hoje o Sol nasceu,
nao foi por mim,
... não fui eu.

E se hoje o Sol nasceu,
foi porque sim,
... estava lá eu.

Porque não dormi,
porque estavas ali,
porque olhei para ti,
e por ti, eu sorri.

Se hoje o Sol nasceu,
Não foi lá fora,
... que ele apareceu.

E se hoje o Sol nasceu,
a toda a hora,
... porque ele é meu.

Porque eu te quero,
porque te espero,
porque te venero,
e sou sincero.

Quando te admiro,
quando te digo,
mais que um farol,
Tu és o meu Sol.


publicado por escrevernareia às 18:28
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|

Sexta-feira, 5 de Março de 2010
As minhas SMS
Ouço a chuva, que cai lá fora,
Lembro a nossa cama quente,
Quem dera estarmos nela agora,
Saciar-mos nosso desejo ardente.


publicado por escrevernareia às 11:57
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
|

Quarta-feira, 3 de Março de 2010
As minhas SMS
Ter-te e amar-te é uma dádiva,
Que eu nunca sonhei merecer.
Minha inspiração, minha diva,
Daria a vida, para te enaltecer.


publicado por escrevernareia às 12:10
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Espalhar versos

Desejo

Momento sublime

Jogo dos sentidos

Se não estás comigo...

Não importa quando...

Versos sem dor

É tão bom...

As minhas SMS

Sempre...

arquivos

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

ILCAO
Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds
Creative Commons
Licença Creative Commons
Escrever n'Areia de To Quim Rodrigues é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Unported.