Quarta-feira, 6 de Outubro de 2010
Para quê...
Para quê... pensar nas coisas,
Se de nós elas não querem saber.
Para quê... querer voar alto,
sem haver uma razão de ser.
Para quê... querer o mundo,
Se de nós ele não quer saber.
Para quê... querer pessoas,
Que passam, sem te conhecer.
As coisas que quero ter,
estão aqui perto de mim.
Existem, por eu as querer
e todas elas tem um fim.
São coisas simples, como eu,
mas deveras importantes.
Não se guardam para a vida,
Aproveitam-se por instantes.
E todos esses momentos,
Que vivo e sinto com prazer,
os devo á familia e aos amigos,
Que os oferecem para eu viver.


publicado por escrevernareia às 12:32
link do post | comentar | favorito
|

10 comentários:
De Dilmar Gomes a 6 de Outubro de 2010 às 13:53
Muito bom o seu poema. Belo, filosófico e inspirado em Fernando Pessoa.
Um grande abraço.


De Laid a 6 de Outubro de 2010 às 14:26
Família e amigos!!!é o mais importante,
Viver a vida e aproveitar cada instante.

Amo-te muito,beijo grande e doce.


De Diário de A à Z a 6 de Outubro de 2010 às 14:32
...viver e não ter a vergonha de ser feliz...
bjks ao casal...


De To Quim a 6 de Outubro de 2010 às 14:34
Olá Laid meu amor.
Pena que ainda haja quem nao pense assim e procure da vida o que nao vale a pena.
Amo-te muito.
Beijinho doce


De To Quim a 6 de Outubro de 2010 às 14:37
Olá Dilmar.
Eu leio muito Pessoa e mesmo que eu não quisesse, ela acabaria por influenciar o que escrevo.
Mas é bom quando quem nos lê, reconhece quem nos inspira.
Votos de uma boa semana.
Abraço


De To Quim a 6 de Outubro de 2010 às 14:39
Olá Aline.
Isso sim que é o mais importante, tem muita gente que acha que para preservar a felicidade, devemos esconcê-la dos outros.
Eu nao acredito em mal de inveja, mas acredito na incapacidade que muitos tem em amar alguem e com isso tambem serem felizes.
Bjs do casal.


De Priscilla Marfori... a 6 de Outubro de 2010 às 18:56
Lindas palavras que conseguem nos passar seu sentido perfeito e pensar além do que somente ler... Gostei de lê-lo.
Belo blog e abraço.


De To Quim a 6 de Outubro de 2010 às 22:25
Olá Priscilla.
Benvinda a este espaço.
Obrigado pela visita e pelo comentário lisonjeador.
Bj e volta sempre


De Flor de Lys a 7 de Outubro de 2010 às 00:48
Lindo, lindo!!!
Guardo comigo tua mensagem.

;*

Álly


De To Quim a 7 de Outubro de 2010 às 08:30
Olá Ally.
Obrigado pelo teu comentário.
É bom saber, que gostaste do meu poema e mais ainda que o guardaste, dando-lhe força e importância para ti.
Um dia feliz.
Bj


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Meu sonho...

Olho-a...

Espalhar versos

Desejo

Teu amor

Palavras simples

Amor natural

O tempo fica escasso

In-quotidiano

Resgate

arquivos

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

ILCAO
Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds
Creative Commons
Licença Creative Commons
Escrever n'Areia de To Quim Rodrigues é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Unported.